+55 (51) 3228-1661 Ouvidoria: 0800 6431661
22/09/2101

Regulação é o principal desafio para o avanço do mercado de seguros

10/11/2017

Urbim, uma vida dedicada ao Mercado Segurador

30/10/2017

Eventos marcam os 500 anos da Reforma Luterana em Porto Alegre e Santa Rosa

30/10/2017

Troféu JRS - 15 anos

19/10/2017

Dia Mundial de Combate ao Câncer de Mama

02/10/2017

Destaques do Mercado de Seguros de Vida e Previdência

22/09/2017

Susep vai regulamentar seguro funeral

22/09/2017

Especialista em educação financeira dá dicas para quem deseja se aposentar

22/09/2017

Governo quer clareza de informações na era digital

22/09/2017

Blockchain: ameaça ou oportunidade no mercado de seguros?

21/09/2017

Setor de seguros supera R$ 1 tri e pode trazer novo ciclo, afirma presidente da CNseg

19/09/2017

José Cairoli, governador do RS em exercício, prestigia ação do Grupo Aspecir, no Acampamento Farroupilha

11/09/2017

Produção de seguros sobe 0,6% até junho em termos homólogos - ASF

04/09/2017

Troca de previdência privada ganha força com reforma na aposentadoria

29/08/2017

O mercado está pronto para absorver seguros?

29/08/2017

Sincor-SP ressalta importância dos seguros de vida e previdência para população e o mercado

29/08/2017

Pansera: Corretor, chegou a hora do recadastramento

29/08/2017

Brasília: um mercado de oportunidades para o ramo de seguros

26/07/2017

Mudanças no mercado alteram rotina dos corretores de seguros

26/07/2017

Governo prepara PDV e tudo para você ler antes de a Bolsa abrir

26/07/2017

Governo prepara PDV e tudo para você ler antes de a Bolsa abrir

Entenda o que são fundos de pensão


06/09/2016

Trabalhador que investe pode ter renda complementar à aposentadoria.
PF deflagrou operação que investiga irregularidades em 4 grandes fundos.

Fonte: G1, em São Paulo
Nesta segunda-feira (5), foi deflagrada pela Polícia Federal uma operação que investiga irregularidades em quatro dos maiores fundos de pensão do país, todos ligados a estatais. Os desvios são estimados em pelo menos R$ 8 bilhões. Leia mais sobre a operação aqui.

Entenda como funcionam os fundos de pensão

O que são?
Os fundos de pensão são uma opção de investimento para possibilitar uma aposentadoria complementar ao trabalhador. Os valores dos benefícios são aplicados pela entidade que administra o fundo, com base em cálculos atuariais.
São permitidas somente aos empregados de uma empresa e aos servidores da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios e também aos associados ou membros de pessoas jurídicas de caráter profissional, classista ou setorial.?

Quando o dinheiro pode ser sacado?
Quando o trabalhador sai da empresa ou é demitido.

Quais são os tipos de planos oferecidos?
Há três opções: benefício definido, contribuição definida e contribuição variável. O plano de benefício definido consiste em calcular previamente os valores a serem recebidos na aposentadoria a partir de operações atuariais. As contribuições podem ser ajustadas para garantir o pagamento dos benefícios.
Já no segundo plano, o valor do benefício complementar é estabelecido apenas no momento da sua concessão, com base no saldo acumulado resultante das contribuições feitas ao plano e da rentabilidade das aplicações durante a fase em que foram feitas as contribuições.
A contribuição variável tem características dos dois planos acima. O mais comum é aquele em que os benefícios programados, na fase de acumulação ou na fase da atividade, tenham características de contas individuais e na fase de inatividade tenham características de rendas vitalícias. Podem também oferecer para os casos de benefícios de riscos (aqueles não previsíveis como morte, invalidez, doença ou reclusão) um benefício definido.

Qual é a rentabilidade?
De acordo com balanço mais recente da Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp), a rentabilidade média do setor estimada no primeiro trimestre foi de 5,24%, o melhor desempenho trimestral desde o quarto trimestre de 2010.

Qual é o maior fundo?
O maior fundo de pensão patrocinado por empresas privadas do país, com 15 patrocinadoras, é o Funcesp. Sua rentabilidade foi de 10,7% de janeiro a abril, mais que o dobro da meta atuarial, de 5,2% para o período.

Quais apresentam déficit?
Funcef, Petros, Postalis gerem alguns dos 108 fundos que apresentaram déficit no ano passado, segundo a Abrapp.

Quais são os riscos para quem investe nos fundos?
O maior risco é o fundo não fazer o pagamento do benefício.

Quem fiscaliza as instituições?
As instituições que trabalham com planos de previdência aberta são fiscalizadas pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), do Ministério da Fazenda.
logotipo zepol